domingo, 3 de abril de 2016

Passagem - Por Julio Revoredo


Nada acaba, quando tudo se transforma

Quando o sábio passa e se conforma

Onde a vida continua

Onde tudo retorna

Onde tudo é passagem

Onde tudo se elabora

Nada acaba, quando tudo se transforma

Onde a vida continua

Onde tudo é passagem



Julio Revoredo é colunista fixo do Blog Luiz Domingues 2. Poeta e letrista de diversas composições criadas em parceria com trabalhos realizados em três bandas por onde passei : A Chave do Sol; Sidharta, e Patrulha do Espaço.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. O poeta foi feliz mais uma vez...

      Grato por ler e comentar, salientando esse verso em específico, que tem o poder da síntese.

      Excluir