domingo, 24 de janeiro de 2016

Autobiografia na Música - Pedra - Capítulo 163 - Por Luiz Domingues


O primeiro compromisso "póstumo" da banda, foi bastante desagradável para mim, pois o fato de ter aceito a resolução dos demais e estar resignado, não queria dizer que estava de acordo com a decisão tomada à minha revelia.

Nos encontramos no Overdrive, e juntos fomos ao estúdio da TV Comunitária, para participarmos do derradeiro programa de TV que faríamos juntos.

Era o simpático programa "Em cartaz", apresentado pelo ótimo Atílio Bari, um raro comunicador culto, e talvez por isso mesmo, fora dos holofotes das TV's abertas, e sua programação costumeiramente emburrecedora...

Eu e Rodrigo havíamos participado três vezes dessa ótima, porém obscura revista cultural, anos antes, com a Patrulha do Espaço, portanto, já conhecíamos bem o Atílio, e particularmente eu o admirava por sua postura e perseverança em batalhar por falar de cultura na TV, sem rabo preso com nenhum maldito marqueteiro do mal, e ao mesmo tempo, lamentava que não estivesse num veículo de massa, mas sim numa TV de audiência quase zero. 

Era o dia 3 de fevereiro de 2011, e pelo caminho, no carro do Xando, os três conversavam animadamente sobre seus planos pessoais, e eu quieto fui pensando no quanto o fato do Pedra estar acabado não os incomodava e pelo contrário, tudo parecia mirabolante na conversa deles, falando de viagens que planejavam fazer; projetos novos; cursos em que se matriculariam; mudanças radicais de vida etc etc.

Será que só eu estava chateado e inconformado com um trabalho sendo jogado pelo ralo ?

Incomodei-me com a postura dos três, a reforçar minha suspeita de que já conversavam sobre o fim da banda há tempos, mas só me participaram a decisão quando a minha opinião em nada mudaria sua determinação.

Fizemos o programa e pelo vídeo, acho que consegui disfarçar bem que estava chateado, mantendo uma postura profissional ao máximo, e nessa altura do campeonato, caminhando para os 51 anos de idade, e quase 35 de carreira, não poderia ser de outra forma...

Abaixo, a parte 1 do programa "Em Cartaz" :
Eis o Link para assistir no You Tube :
https://www.youtube.com/watch?v=Aq0ORIGz1Nc

Abaixo, a parte 2 do programa "Em Cartaz"

Eis o Link para assistir no You Tube :
https://www.youtube.com/watch?v=Ibs0UVqWppo

Abaixo, a parte 3 do programa "Em Cartaz" 
Abaixo, o Link para assistir no You Tube :
https://www.youtube.com/watch?v=mzBER5AYj5M

Tais vídeos postados acima, mostram apenas as músicas que tocamos ao vivo naquele esquema semi acústico, e com o Ivan usando um instrumento de percussão, simulacro de bongô, que mais era um enfeite do que instrumento, mas nas suas mãos criativas como percussionista, conseguiu usá-lo de forma convincente, e isso chega a ser engraçado. 

Se um dia eu arrumar o vídeo completo, com o bate papo com Atílio Bari, posto aqui, certamente.

O último ato dessa banda ocorreria no Bar Melograno, em abril de 2011, mas mesmo assim, de forma capenga, melancólica, e quase vergonhosa por uma ausência...

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário