sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Autobiografia na Música - Pedra - Capítulo 80 - Por Luiz Domingues


Nesses termos, fomos convidados a participar de um programa nessa rede de TV, o NGT, chamado "NGT Independente", em outubro de 2006.

O programa era apresentado pelos membros de uma banda, chamada "Irmandade do Som" e tinha o nobre objetivo de dar espaço à bandas independentes e sem chances na mídia mainstream.
Um dos vocalistas da banda Irmandade do Som, conhecido pela alcunha de "Chapéu de Couro"

Fomos muito bem recebidos pelo pessoal dessa banda, e de fato, simpatizamos bastante com eles, tornando-nos amigos doravante, principalmente o "Chapéu de Couro"; Carlos "Careca" e Cris "Boca de Morango".

Foi um programa bem legal, com a possibilidade de tocarmos duas músicas ao vivo e um bom bate-papo, conduzido pelo extrovertido Carlos, um dos vocalistas daquela banda.

Um fato curioso ocorreu durante a gravação da entrevista : Enquanto nos entrevistava, o telefone celular do Carlos tocou e querendo fazer um gancho de improviso, ele o atendeu, e usando seu interlocutor na brincadeira, foi dizendo coisas do tipo : -"Que legal que está curtindo o som do Pedra neste dia tal de tal", referindo-se à data em que gravávamos o programa. Com isso, esqueceu-se de que a data correta que deveria ser mencionada, seria o sábado posterior, onde efetivamente o programa iria ao ar...

Quando ele percebeu a gafe, "travou", e despertou uma gargalhada coletiva de seus colegas da banda, técnicos da TV, e de nós também.

Ele era muito legal e caiu na risada, também, cortando o constrangimento. O que ocorreu a seguir, foi que fizemos um novo take da entrevista, que foi legal, mas o take estragado estava melhor, devido ao astral descontraído com o qual estava se desenrolando. Uma pena, mas TV é assim mesmo.

Carlos era muito extrovertido; gente boa e arrancava risadas com seus improvisos e seu jargão que tornou-se até uma piada interna para nós, por muitos meses : -"Sabe o que é isso, banda" ? 

Ele usava tal expressão para se dirigir à bandas amadoras que assistiam o programa e sonhavam ali se apresentar, usando o nosso exemplo e de outras bandas boas que ali se apresentavam, para incentivar os moleques aspirantes a artistas a estudarem e ensaiarem com afinco, numa preocupação didática, louvável.  

Na parte musical, tocamos "Madalena do Rock'n Roll" e "Vai Escutando". Estávamos muito afiados e ajudados pela boa vontade da banda e dos técnicos, tivemos uma mixagem de som para a TV, acima da média normal do que geralmente se vê por aí. Então, foi uma performance excelente, com as músicas soando muitíssimo bem.
Eu, Luiz Domingues e Emmanuel Barreto, em foto no estúdio da Brasil 2000 FM, em julho de 2006

E o meu primo, Emmanuel, estava presente atuando como cinegrafista de making off. Existe uma filmagem desses bastidores todos, incluso o take interrompido da entrevista, com a gafe do entrevistador Carlos. Um dia vai para o You Tube...

Quanto às músicas, estão disponíveis no You Tube, desde 2006.

Uma pena que a Rede NGT tivesse uma audiência pequena, ficando nesse limbo entre a TV aberta e a paga. Suas intenções eram/são nobres no tocante à uma programação de nível cultural muito legal, sem estar contaminada com o vírus do jabá e parecendo de certa forma, com a conduta de TV's dos anos 1960, como a TV Record, por exemplo, preocupada com cultura.



http://www.youtube.com/watch?v=idpeNRd4Ob0


Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário