quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Autobiografia na Música - Patrulha do Espaço - Capítulo 233 - Por Luiz Domingues


Com a embreagem do ônibus funcionando a contento, graças à peça nova que "seu" Walter instalara com a providencial ajuda do Luiz Barata, a viagem até o próximo destino foi muito tranquila.

Chegamos rapidamente à Ribeirão Preto e nosso objetivo seria novamente o Bar Paulistânia, mas desta feita, com a abertura da ótima banda local, "Senhor X", da nossa já amiga e bela cantora, Carla Viana.

Ela em pessoa estava empenhada na produção local e esmerando-se para fazer o melhor que podia, certamente que lograria êxito, pensamos, e claro, isso nos animou.

Ficamos hospedados num hotel na mesma avenida Junqueira, onde ficáramos na ocasião anterior e de onde vimos a tragédia da enchente, já relatada em capítulo anterior. Mas desta vez, num outro hotel que era melhor categorizado, e o conforto sempre era bem vindo, logicamente.

Eu ainda não estava 100 % refeito de meu desconforto estomacal e diante desse enjoo que me incomodava, mais uma vez fui poupado pelos companheiros e não supervisionei a montagem do equipamento. Compareci ao Paulistânia somente para o soundcheck. 

O equipamento estava melhor realmente em relação à ocasião anterior, e após o soundcheck, voltamos tranquilamente ao hotel. Sentindo-me um pouco melhor do meu problema estomacal, não abusei no jantar, fazendo uma refeição mais leve que os demais que "pegaram pesado" na boa comida servida no restaurante do hotel.

Com sobra de tempo, alguns se recolheram para um repouso breve, mas eu vi que Rodrigo e Luiz Barata estavam com vontade de conhecer o Pinguim uma famosa chopperia da cidade que tem fama nacional pela qualidade de seu produto carro chefe.

Como não conheciam a cidade, mas eu a conhecia desde a infância, pelo fato de ser a terra natal de minha mãe e onde tenho muitos parentes, coloquei-me à disposição de ambos para levá-los ao estabelecimento.

Numa caminhada rápida de quinze minutos, estávamos na famosa Praça 15 de novembro e ao lado do belo Teatro Municipal de Ribeirão Preto, entramos no famoso Pinguim.

Enquanto meus amigos testavam a qualidade do seu famoso chopp e eu ficava no meu tradicional refrigerante, admiramos a arquitetura do estabelecimento e sobretudo o fato dele estar absolutamente lotado, e ainda não havíamos chegado nem nas nove horas da noite, denotando que a casa ficaria no seu pico, por muitas horas.

Mas tínhamos trabalho pela frente e rapidamente deixamos o estabelecimento e voltamos ao hotel para os preparativos pessoais e ida da comitiva à casa de shows onde nos apresentaríamos.

Assistimos o show do "Senhor X" com prazer, e logo veio a nossa vez de atuar.

Foi um show muito mais energético que o da última vez, e o público chegou a urrar de euforia em alguns momentos de pico. Carla Viana deu canja conosco, chamada pelo Junior, e com seu vozeirão e beleza, somou, sem dúvida.

No final do show, com "Columbia" e o seu clássico começo que era marca registrada de nossa formação, num arranjo diferente do disco original. Um Riff a la Jethro Tull e Marcello arrancando urros dos fãs ao fazer a melodia da música na flauta, antes de iniciarmos o vocal em coro...-"o Céu Azul, o Céu Azul"...

Gustavo "Gus" do "Homem com Asas" estava na plateia e subiu para cantar conosco e a festa do Rock se consumou...

Saímos muito felizes do palco e o assédio pós show foi efusivo, com muitas capas de discos surgindo para autógrafos etc e tal, num termômetro que apontava para o sucesso, certamente.

Dia 30 de novembro de 2002, sábado, no Paulistânia Bar de Ribeirão Preto, com 150 pessoas no local, e que pareciam ser 1500 pelo calor ruidoso que produziram em sincronicidade conosco.

Chegamos tranquilos no hotel, e após seis da manhã, cumpri meu ritual e que tinha como companhia certa os roadies Samuel e Daniel, e agora o Luiz Barata também : esperávamos o café da manhã ser servido para depois irmos dormir. E que café bem servido, por sinal...

No dia seguinte, teríamos um show de choque para fazer, num festival beneficente produzido em Indaiatuba, que angariava fundos para ajudar no tratamento de doentes com Aids numa instituição local. 

Por sorte, era nosso caminho para São Paulo, ficando na região de Campinas.
Na residência de Carla Viana, em 30 de novembro de 2002 : Marcello; Rodrigo & Junior, em foto e click da mesma, Carla.


Continua... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário