sábado, 4 de outubro de 2014

Autobiografia na Música - Pitbulls on Crack - Capítulo 39 - Por Luiz Domingues


E assim, com esse esforço todo no meu telefone residencial, e no do Jason, passamos a figurar durante meses no top 10 da Rádio, todo dia. E muitas vezes, vencemos como a mais pedida do dia, com direito a reexecução ao final do programa, e mais execuções ao longo do dia 

Ainda em abril de 1994, tocamos numa casa noturna com excelente infraestrutura, chamada "Columbia", localizada na Rua Estados Unidos nos Jardins, bairro elegante da zona sul de São Paulo, e que ficava ao lado da delegacia de polícia do bairro, a famosa 78ª DP, notória por invariavelmente deter playboys milionários que aprontam pelas ruas do bairro, e pelo vai-e-vem de carrões importados com os respectivos papais ricos, e seus advogados caros.
Na mesma edição do Jornal da Tarde, tijolo pago pela gravadora anunciando o show no Columbia, e nota falando do evento do Ginásio do Ibirapuera, onde participaríamos no dia seguinte.


Esse show foi bem energético, com um público de 400 pessoas, e a participação também das bandas "Anjos dos Becos" e "Não Religião".

Isso foi numa sexta-feira (23), mas no sábado, iríamos participar de um Festival de grande porte, patrocinado pelo Fundo de Solidariedade do Governo do Estado de São Paulo, que foi realizado no Ginásio do Ibirapuera. 

Era uma grande oportunidade de aparecer para um grande público, tocando ao lado de diversas bandas consagradas e pegando carona numa mídia de grande porte, pois o governo investiu pesado em divulgação e dessa forma, o nosso nome estava estampado em milhares de cartazes e filipetas espalhadas pela cidade, além de maciça propaganda em várias rádios, TV e matérias nos principais jornais. 

O objetivo era angariar agasalhos e cobertores para ajudar pessoas carentes e dessa forma, essa foi a forma pela qual as pessoas obtinham ingressos, doando agasalhos.

Animados pelo momento bom que estávamos atravessando, com música estourando na 89 FM, mais clip passando bem na MTV e fazendo um show desse porte com grande exposição midiática, eu particularmente estava achando que o "POC" estava quase chegando num momento de uma porta grande, enfim se abrir.

E chegado o sábado e animados pelo bom show da noite anterior no "Columbia", fomos confiantes ao Ibirapuera.



Continua...

2 comentários:

  1. Esse foi o segundo show que vi de voces, antes de "entrar" para trupe.
    E detalhe, nessa ocasião fui para ver exclusivamente VCS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que sorte a nossa em termos tido um chefe de fã clube tão entusiasmado, que muito lutou para que a banda alcançasse o êxito !

      Grato por tudo, amigo Jason !!

      Excluir