domingo, 31 de agosto de 2014

Autobiografia na Música - Patrulha do Espaço - Capítulo 17 - Por Luiz Domingues




O Júnior estava enfrentando um problema gravíssimo de ordem familiar, e mesmo que tivesse telefone celular à época, não teria cabeça para nos ligar.

E o Marcello sentia ainda fortes dores nas costas. Apesar de tranquilizado pelos médicos quanto à não gravidade do seu quadro, a dor era muito forte, e só dava trégua mediante fortes analgésicos.

Portanto, seu esforço de comparecer ao ensaio da sexta-feira, que precedeu o show, foi notável. 
Ainda haviam agravantes. Tínhamos pendências de produção para tratar. Detalhes de ornamentos e equipamentos para reforçar o palco.

O transporte foi feito de forma precária, também. Sem dinheiro para contratar nem ao menos uma Kombi, tivemos que transportar tudo nos nossos carros. O Marcello teve de usar o carro do seu irmão, Ricardo, e fora o meu, e o do Rodrigo, tivemos o reforço da namorada do Júnior, Claudia Fernanda, e pelo menos mais três carros de amigos.
Como o Marcello havia acabado de perder seu carro, estava usando o do seu irmão. Mas o Ricardo apareceu usando o carro do pai de ambos, bem maior, e colaborou. 

Lembro-me também do apoio do Marcelo Bueno.

Na volta, o contingente aumentou, com outros amigos colaborando. 

Lembro-me dos carros do Edil e Tié, todos do meu famoso "exército de Neo-Hippies", auxiliando também.

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário