sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Autobiografia na Música - Pitbulls on Crack - Capítulo 13 - Por Luiz Domingues

Não sei exatamente de quem foi a ideia da coletânea da Eldorado.
Mas certamente haviam várias pessoas envolvidas. Por parte do selo Eldorado, o produtor executivo Vagner Garcia, com certeza.



 
 
Na ordem das fotos acima : Wagner Garcia; Tatola; Fábio Massari e Carlos Eduardo Miranda, os artífices da coletânea em que o Pitbulls on Crack debutaria no mundo fonográfico, no ano posterior, 1993
 
Mas como era uma parceria com a emissora da rádio 89 FM, claro que o locutor Tatola tinha um peso nessa decisão, mais Fábio Massari, que ajudou a escolher as bandas e talvez o produtor de estúdio, Carlos Eduardo Miranda. Mas pode ter havido outras pessoas que influenciaram, e eu desconheça-as nesse processo.
O que era para ser mezzo punk / mezzo indie, foi ficando cada vez mais setentista, glitter-Rock, sobretudo.

Nessa altura, as músicas "Under the Light of the Moon" e "Answer Machine", despontavam como as nossas favoritas, internamente falando, para representar-nos na coletânea. E essas músicas, como ficou público e notório posteriormente, eram super setentistas; com riffs; boas melodias, e linhas de baixo e solos de guitarra, bem tocados. Eram, ambas, Glitter-Rock setentista puro. Caberiam portanto, em qualquer disco do David Bowie ou T.Rex...
Essa foto é de um ensaio do Pitbulls on Crack, aproximadamente de março de 1992.

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário