quinta-feira, 26 de setembro de 2013

O Mundo Precisa de Godard - Por Marcelino Rodriguez


A madrugada toda fica-me a mente cronicando idéias, 

enredos, frases, até pedaços de contos, tendo o Deus 

Anubis, aquele com cara de cachorro, como personagem. 



Fora Godard, com aqueles óculos escuros na entrevista do 

You tube. Não sabemos se ele está inibido, representando 

ou tirando onda com nossa cara, simplesmente. Deviam dar 

mais Godard para a massa ignara. O mundo nos ameaça 

com uma superpopulação de canalhas e patetas.
 


Estou lendo o inferno de Dan Braw, que embora não seja 

um autor muito profundo, diverte, distrai e massifica um 

pouco icones da cultura, como agora Dante Alighieri. 


Será que estou me sentindo inquieto por que os gênios 

estão em extinção? 


A moça nem anda piscando para mim como eu gostaria, 

estou quase me desiludindo. Narciso não perde tempo.


Isso mesmo Dan Braw, massifica o mito do Graal, Da Vinci, 

os símbolos, senão daqui a pouco um MC qualquer vai estar 

ganhando prêmio de literatura, ou mesmo da paz, quem 

sabe. Os tempos são doidos, irmão. Tu bem sabes.
 

Godard. Encanto radical.


Lembro o escandalo que foi "Je vous, Salue, Marie" nos 

anos oitenta, e a polêmica de sua exibição ou não.
 
Godard é isso, beleza e mistério, duas coisas que andam 

em falta.
 

O filme de Godard choca, mas fascina. O lado nu e humano 

de Maria. Como seria?
 

O espaço sagrado da arte, na transgressão também 

sagrada; digamos transgressão de bom gosto.


De sentido. Sentidos.
 

O belo sempre é plano de Deus.
 

Ainda se estuda estética nas escolas?
 

Para que ninguém pense que vive o intelectual apenas de 

papo cabeça, logo estarei de retiro para honrar os monges 

guerreiros do Kung Fu. Os protetores do Darma. Vou para o 

Zen, vou para o Tao.



Alguém lá em cima gosta de mim.
 

E vocês deveriam gostar mais, se fossem melhores.
 

O mundo precisa de Godard.






Marcelino Rodriguez é colunista fixo do

Blog Luiz Domingues 2. 


Escritor de vasta e consagrada obra, 

nos brinda aqui com uma crônica rica 

em metáforas valiosas. 

Vou além, são

agulhadas na alma dos acomodados de plantão. 

Godard neles !!

4 comentários:

  1. é fato se algumas pessoas tivessem o senso de observação ! obrigado amigo em lembrar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mais pura verdade, Maria Aparecida !

      Muito grato por ler e comentar a coluna do Marcelino Rodriguez !

      Volte sempre ao Blog !

      Excluir
    2. É. Marcelino escreve coisas tão verdadeiras e com tanta inspiração que só posso parabeniza-lo por essa Crônica.
      Obrigada Luiz, por compartilhar.
      Abraço!

      Excluir
    3. Exatamente, Elisabete !

      O Marcelino é um craque da crônica. Ele fala das coisas do cotidiano, com muita contundência, mas sem perder a ternura, jamais...

      Obrigado por ler e comentar !

      Excluir