sábado, 21 de setembro de 2013

Autobiografia na Música - Sala de Aulas - Capítulo 6 - Por Luiz Domingues

Outra motivação que criei logo no começo das aulas em 1987, nessa fase na casa do Beto Cruz, foi a de trocar vários posters de bandas de Heavy-Metal e Hard-Rock oitentistas, com eles, por LP's de artistas sessenta-setentistas, que eu curtia.
Era uma boa troca, pois eram muitos posters, e em sua maioria de bandas oitentistas que eu não curtia. E a minha primeira safra de alunos, pelo contrário, gostava dessa onda de Heavy-Metal e Hard-Rock oitentistas.

Nessa primeira fase, lembro-me mais detalhadamente de um aluno que apareceu mais ou menos em agosto de 1987, chamado Roberto Garcia Morrone, pois se tornou amigo, e posteriormente acompanhou toda a trajetória do Sidharta e da Patrulha do Espaço, até a fase do lançamento do CD Chronophagia, em 2000. 
Lembro-me também de Marcelinho "Carioca" Dias (nada a ver com o jogador). Ele tinha esse apelido por ter nascido em Volta Redonda. Mas nem o apelido tem fundamento, pois se é do interior do estado do Rio, deveria ser Marcelinho "Fluminense"...

Gente boníssima e muito esforçado, pois morava em São Bernardo do Campo, região do ABC, e para chegar ao Jardim Bonfiglioli, tomava três ônibus. Na verdade, seis, com a volta.

Ele tinha uma banda, que posteriormente chegou a abrir um show da Chave em 1989, e mudando de nome para "Aura", gravou uma fita demo em 1990, comigo na produção (passagem já devidamente escrita no capítulo "Trabalhos Avulsos", quando falei do "Aura".  
Lembro-me de uma vez em 1988, quando no meio da aula surgiu um papo sobre um documentário de um famoso médium espírita, e meio afeminado, e com isso despertando as mais variadas piadas. 

Enfim, a aula teve de acabar tamanha algazarra que isso acarretou. Foi uma sessão de gargalhadas contagiantes e intermináveis, ao ponto do Beto descer para saber o que estava acontecendo, e pedir silêncio, pois estávamos atrapalhando a sua aula de guitarra.

Outro aluno que me lembro foi o César Cardoso. Sobrinho do cantor Wanderley Cardoso. Outro cara muito gente boa e que foi se embrenhando no mundo da TV. Já em 1990, estava como estagiário na MTV. 

Depois acompanhou Serginho Groisman no Programa Livre do SBT, e já faz anos, está na Globo, trabalhando na produção de programas importantes como o Fantástico, por exemplo.

Continua... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário