terça-feira, 20 de agosto de 2013

Autobiografia na Música - Trabalhos Avulsos (Convites não concretizados, dos tempos recentes) - Capítulo 79 - Por Luiz Domingues

 

Como adendo final (pelo menos até este momento em que escrevo, agosto de 2013), acrescento os últimos fatos arrolados nesse capítulo, de trabalhos avulsos, e que por enquanto, resumem-se à convites não concretizados, por motivos diferentes. 

Muitos anos se passaram sem que eu tivesse um novo trabalho avulso, novamente.
Somente por volta de 2006, recebi um novo convite para um trabalho dessa natureza. Era para substituir o grande baixista Gerson Tatine, no "Yessongs", uma banda tributo do Yes. Apesar de amar o som do Yes, declinei do convite, agradecendo.

Por volta de 2007, tive um convite para gravar duas faixas no novo trabalho do guitarrista Marcelo Watanabe, mas que acabou não se concretizando. 


Cheguei a receber o material de pré-produção, mas a sessão de gravação nunca foi marcada, e o Marcelo nunca me disse o porque.

Em 2008, o Hélcio Aguirra, convidou-me para mais uma série de shows do Electric Funeral, a banda tributo do Black Sabbath. Agradeci, claro.

Em 2010, meu velho amigo Chris Skepis ligou-me, e o convite era para eu integrar um"Alice Cooper Cover", onde havia uma produção que bancaria uma estrutura de efeitos visuais, semelhante ao que o próprio Alice Cooper, usa. É claro que eu me divertiria muito, pois adoro a "tia" Alice, mas recusei, agradecendo, logicamente. 

Outra proposta para gravação, também veio do guitarrista e amigo, desde os anos oitenta, Ricardo Aszmann, mas acabou não se concretizando, pelo menos até agora. Isso ocorreu em 2011, pouco tempo depois da dissolução do Pedra. 

Neste caso, sei que ainda vai acontecer, só esperando uma oportunidade.

Encerro, portanto, esta parte da minha autobiografia, deixando claro que, é na verdade, um capítulo sempre pronto a ser reaberto, a qualquer instante.
Agradeço à todos os músicos, produtores, técnicos, empresários e jornalistas especializados, que estiveram envolvidos em todas as histórias, que aqui relatei.

A minha carreira toda foi focada na busca pelo trabalho autoral, e na maior parte do tempo, minha atenção foi dedicada à bandas autorais e de carreira.

Todavia, neste longo capítulo, acabei relembrando de muitos casos, muitas passagens e histórias, que acumulei no campo dos trabalhos avulsos.

Muito obrigado à todos que me ajudaram nesse quesito, desde o longínquo ano de 1979, quando recebi o primeiro convite de minha carreira, para um trabalho dessa natureza.

Muito obrigado por ler !! 

Adendo 2014 : tem capítulo novo sobre este tópico, é só procurar pela numeração posterior (capítulo 80).

Nenhum comentário:

Postar um comentário