terça-feira, 27 de agosto de 2013

Autobiografia na Música - Terra no Asfalto - Capítulo 35 - Por Luiz Domingues

 

Como agradamos as donas do Barbarô, ficou acertado então que faríamos todas as sextas e sábados de dezembro na casa.

Desta forma, tocamos também nos dias 19 (150 pessoas presentes), 20 (100), 26 (60), e 27 (50).

A cada apresentação, a banda azeitava mais a sua performance, alcançando segurança, swing, dinâmica etc.

Apesar de estarmos animados com a banda alcançando uma regularidade, o baque da semana fora forte antes da estreia, com a perda do John Lennon.
Foi na manhã de terça-feira, 9 de dezembro de 1980, que a notícia explodiu na imprensa : John Lennon estava morto, assassinado por um psicopata em Nova York.

Naquela manhã, acordei cedo para ir ao dentista, e enquanto me arrumava no meu quarto, ouvi "Stand by Me", na versão do Lennon, ecoando na TV da sala. 


Achei estranho estar tocando essa canção num programo feminino vespertino, como a "TV Mulher" da Globo, e já intuí que alguma coisa ruim tivesse acontecido... 
O Paulo Eugênio me contou que ouviu no Rádio, também se preparando para sair, e que foi voando à porta da pensão onde moravam Wilson e Gereba e os acordou com a buzina do carro. 
Todos sentimos, menos o baterista Edson "Kiko", que realmente não era um Rocker como nós. 

Perder o Lennon desse jeito foi algo inacreditável, e deu mais força ainda aos ventos de baixo astral que traziam os anos oitenta com todo aquele conceito estúpido de destruição niilista, repúdio ao passado etc etc.

A frase "O Sonho Acabou", foi repetida na mídia à exaustão naqueles dias, e trazia-nos uma melancolia enorme, uma verdadeira desesperança.

Nós já tocávamos várias músicas da carreira solo dele, inclusive do último álbum na época, "Double Fantasy", que mal acabara de ser lançado.

Mas a vida prosseguiu, infelizmente, e sem nosso working class hero...

Nos shows do dia 19 em diante, o tecladista Sérgio Henriques tocou conosco. 

 Mesmo trazendo só um piano elétrico, sem órgão ou sintetizador, sua contribuição enriquecia demais o som do Terra no Asfalto.


Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário