segunda-feira, 22 de julho de 2013

Autobiografia na Música - Trabalhos avulsos (Eletric Funeral) - Capítulo 52 - Por Luiz Domingues

Dispersados após esses dois shows, só houve uma nova oportunidade em abril de 1991, quando uma data foi fechada na casa de shows, "Dama Xoc".

Para tanto, fizemos alguns ensaios prévios e o repertório mais uma vez foi praticamente igual, embora o baterista Vitão Bonesso ficasse insistindo para tocarmos músicas dos trabalhos mais modernos do Black Sabbath. 


Por sorte, prevaleceu o repertório clássico, fase Ozzy.

O Dama Xoc era uma casa de médio porte; bem estruturada; com som e luz de qualidade; palco grande; e foi no final dos anos oitenta, um espaço bem requisitado para apresentações de bandas nacionais de diversos estilos. 

Eu mesmo toquei com A Chave, muitas vezes ali, conforme relatarei no capítulo adequado.

Neste show do Electric Funeral, contudo, infelizmente o público foi reduzido. 


110 pagantes num lugar onde cabiam cerca de 1000, realmente não era para ser comemorado.

Mas o show foi bom, com uma qualidade sonora e visual legal, além de uma boa performance da banda.

Um episódio isolado e flagrado pela câmera do cinegrafista Billy Albuquerque, foi engraçado : no meio de uma performance, o Chris Skepis bebeu um copo d'água e o jogou vazio na plateia, acertando um rapaz, mas fora totalmente sem intenção, pois no vídeo, ele se surpreende com o fato, e pede desculpas, com sua voz vazando pelo microfone.

Outro fato engraçado, foi que na música final, o Vitão Bonesso se empolgou, e ao fazer uma virada nos tons, e em pé, desequilibrou-se ao sentar-se novamente no banquinho, estatelando-se no chão, e esmagando, literalmente, o roadie, um japonês que era roadie dos Ratos de Porão, há muitos anos.

A cena foi flagrada na segunda câmera, e cogitou-se enviar essa cena para as "Videocassetadas" do Faustão... 

Nessa apresentação, usei novamente o meu Rickembacker, mas em algumas músicas usei o Precision feito por um Luthier, de meu amigo/roadie/aluno, José Reis. Curiosamente, esse instrumento me pertence hoje em dia.

Tenho a cópia desse show, com takes das duas câmeras, e com boa qualidade. Quem sabe um dia, posto no You Tube. Se não fosse cover...

 Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário